23 de dezembro de 2013

Cobertura de Show: Cauldron Encerrando a "Brazil's Lost Tour 2013" Em São Leopoldo/RS

Cobertura por: Renato Sanson
Fotos: Uillian Vargas / Alexandre dos Anjos


Encerrando sua primeira turnê Sul-Americana, os canadenses do Cauldron fecham seu sexto show da tour "Brazil's Lost Tour 2013" em São Leopoldo/RS no dia 01/12 (domingo). E nada melhor que encerrar a turnê em uma das casas mais tradicionais do underground nacional, a Embaixada do Rock.

Para abrilhantar ainda mais está noite de puro Heavy Metal, tivemos as bandas The Muckers, Sacrario e Leviaethan fazendo a abertura do evento. Exatamente as 18h o The Muckers entra em cena, ainda com um público bem pequeno, os Hard Rockers abrem seu show com " Creeping Death" do Metallica, o que gerou certa estranheza, pois uma banda autoral abrir seu show com um cover não é comum, ainda mais em um evento que iriam tocar com dois grandes nomes da cena nacional e uma das revelações do Heavy Metal nos últimos anos, certamente não é o melhor modo de divulgar sua banda.

The Muckers
Mas tivemos bons momentos em seu show, mostrando que as musicas próprias soam cativantes e cheias de personalidade, como o bom e velho Hard Rock deve ser, destaco "Férias Alcoólicas", "It's Midnight" e "Escravos Das Calcinha", ainda tivemos "Looks That Kill" do Motley Crue e "You Shook Me All Night Long" do AC/DC, fazendo a alegria dos poucos presentes.

Não demora muito e a segunda atração entra em cena, e os gaúchos da Sacrario mostram o porque de serem uma das bandas mais admiradas do underground nacional, despejando seu Thrash Metal técnico e violento, logo de cara temos "Beyond The Violence", "Urban Assalt" e "Stigma of Delusion", ainda com pouco público na casa, mas a Sacrario não se intimidou e fez certamente o melhor show da noite.

Ainda tivemos o clássico "Bonded By Blood" do Exodus e a clássica "God Against God", onde o guitarrista/vocalista Fabbio Webber pulou do palco para tocar bem perto da galera, certamente surpreendeu a todos.

Sacrario
Destaco a precisão e entrosamento da Sacrario, que executa um Thrash Metal altamente técnico, e conta com um frontman endiabrado, que faz caras e bocas tocando e cantando, além de uma presença de palco monstruosa, parecendo que a guitarra é grudada em seu corpo.

Então era hora dos percussores do Thrash Metal gaúcho, o Leviaethan com seus mais de 30 anos de história para destilar seu Thrash old school. Neste show a banda se apresentou como trio, pois o guitarrista Denis Black Stone não faz mais parte do grupo.

Leviaethan
E clássicos não faltaram, como "Echoes From The Past", "A.I.D.S." e "Drinkin' Death" onde foram possíveis ver as primeiras rodas da noite. Encerrando seu show tivemos o clássico "Ace of Spades" do Motorhead, fazendo todos cantarem juntos com a banda, e vale ressaltar que o Leviaethan como trio caiu muito bem, ficando mais coeso e resgatando aquela áurea oitentista.

Após uma rápida troca de palco, era hora do trio canadense formado por Jason Decay (Baixo/Vocal), Ian Chains (Guitarra) e Myles Deck (Bateria/Backing Vocal) entrarem em cena e encerrarem "Brazil's Lost Tour 2013", apesar de o Cauldron ser pouco conhecido no Brasil, a banda já tem três álbuns, e veio ao nosso país para promover o excelente "Tomorrow's Lost".

Ainda com a casa bem vazia (algo em torno de 80 pessoas), era possível ver muitos jovens no show, algo que me deixou feliz, pois está nova geração de bandas como Cauldron, Enforcer, Ghost e etc estão atingindo os mais novos e os trazendo para o exercito metálico.


Sem muita conversa o Cauldron sobe ao palco e temos logo de cara "Tomorrow's Lost", "Burning Fortune" e "Nitebreaker" que fez com que a casa se tornasse em um caldeirão, fazendo aquelas 80 pessoas se transforem em 1000, tamanha empolgação do público que cantava junto com a banda.

Com seu Heavy Metal calcado em influências setentistas e progressivas o Cauldron ganhou muitos admiradores mundo a fora, e está vinda ao Brasil certamente fez muito bem a banda, pois encontrou um público louco por esse som, sem contar que os músicos são de uma presença de palco absurda, com um visual totalmente anos 80, e mostrando muito carisma e feeling.

Seguindo o baile (que já estava com rodas e mais rodas, moshs...) tivemos "Rapid City" e "Miss You to Death" que tiraram lagrimas de muitos presentes, e antes do primeiro "final fake", tivemos uma grata surpresa, o clássico "Digital Bitch" do Black Sabbath, deixando todos boquiabertos.


Após uma pequena pausa, "All or Nothing" e "Fight for Day" dão sequência ao show de forma magistral, com uma banda entrosada e cativante em cima do palco, e para acabar com os pulmões alheios Jason anuncia o maior clássico do Cauldron até o momento e certamente a mais festejada pelos bangers, "Into the Cauldron", e ai a casa virou de vez, pois muitos se esgoelavam cantando e outros olhavam com os olhos marejados.

E antes do final do show, mais uma surpresa e "Die Hard" do Venom é executada, deixando os fãs old school mais do que felizes, e para fechar com chave de Metal "Chained Up in Chains" com aquele clima sombrio e de despedida.


Certamente o Cauldron impressionou e muito os que foram prestigiar seu show, cheio de energia, carisma e precisão, mostrando muito feeling e gosto pelo que fazem, além de serem super humildes, atendendo todos os fãs com educação e atenção.

Deixo meu agradecimento especial a Miky Ruta por toda atenção e oportunidade de cobertura deste grande evento.





0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More