29 de maio de 2016

Resenha - Banda: Rhapsody Of Fire - Álbum: Into The Legend (2016 - Shinigami Records)

Resenha por: Renato Sanson


Ainda que sem a vitalidade de outrora, o Rhapsody retorna com um novo álbum pós algumas instabilidades em sua formação e até mesmo incertezas de seu futuro.

Em “Into The Legend” temos o Rhapsody de sempre, composições pomposas, orquestrações de primeiro mundo, muita melodia e refrões mais que grudentos, uma formula batida já pelo grupo italiano, mas que traz suas peculiaridades, de dar o play na bolacha e saber de cara qual banda é.


Dessa nova fase (sem o guitarrista Luca Turilli) “Into The Lenged” certamente é o melhor, além de trazer uma banda mais focada ao Power Metal em si, deixando de lado os exageros sinfônicos, que aparecem, mas que não soam cansativos e em excesso. Não há como não falar de Rhapsody e não mencionar Fabio Lione, que continua genial, investindo em tons menos altos e indo para o lado mais agressivo e muitos momentos, o que deixou a sonoridade mais pesada e encorpada. Falar da produção sonora é chover no molhado, já que cada timbre soa grandioso e bem esmerado.

Se você é fã da fase mais old da banda (diga-se os quatro primeiros discos) “Into The Legend” tem tudo para te agradar e retomar a confiança no que os italianos podem criar daqui em diante, se você já era fã da fase atual em nada irá se decepcionar, pelo contrário, encontrará uma banda afiada e pronta para destilar sua sonoridade se não única com muita personalidade.

Liniks de acesso:

Tracklist:
1. In Principio
2. Distant Sky
3. Into the Legend
4. Winter's Rain
5. A Voice in the Cold Wind
6. Valley of Shadows
7. Shining Star
8. Realms of Light
9. Rage of Darkness
10. The Kiss of Life

Formação:
Fabio Lione - Vocais
Roby De Micheli - Guitarras
Alessandro Sala - Baixo
Alex Staropoli - Teclados, pianos, cravo

Alex Holzwarth - Bateria, Percussão

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More