5 de fevereiro de 2017

Resenha - Banda: Sodom - Álbum: Decision Day (2016 - Shinigami Records)

Resenha por: Renato Sanson


Uma das instituições do Thrash/Death Metal mundial mais injustiçadas da história, pois de fato nunca se venderam as tendências mercadológicas e seguiram fieis ao seu som. Esse é o trio alemão Sodom, que nos brindam com seu 15° disco de estúdio, “Decision Day”.

Que traz a banda ainda mais afiada, com Angelripper a frente com seus vocais característicos (agora voltando aos rasgados clássicos do começo de carreira), e o timbre perturbador de baixo, aliado a usina de riffs de Bernemman, que traz um belo trabalho também nos solos e as ótimas linhas de bateria de Makka, que se mostra mais à vontade nesse segundo lançamento com o grupo.

Nesses últimos anos o Sodom investiu em algumas melodias em sua sonoridade, e aqui não seria diferente, trazendo melodias mais soturnas, mas que caíram como uma luva para a sonoridade, que em nada perde a sua agressividade latente, mas somando ao seu crescimento musical.

 A produção novamente ficou por conta do produtor Cornelius Rambadt, que traz um som mais esmerado e polido, claro que a sujeira do estilo está ali, mas mais dosada e mais limpa. A arte gráfica feita pelo artista Joe Petagno é de uma beleza incrível, sendo toda pintada a mão e rica em detalhes, ainda mais tendo a bolachinha em um belo Digipack para aprecia-la.

O Sodom mantém sua linha de ótimos lançamentos e traz em “Decision Day” não só um dos melhores lançamentos de Thrash de 2016, mas sim um disco com todos os elementos que os consagraram! Grande trabalho!


Links de acesso:

Tracklist:
1. In Retribution
2. Rolling Thunder
3. Decision Day
4. Caligula
5. Who is God?
6. Strange Lost World
7. Vaginal Born Evil
8. Belligerence
9. Blood Lions
10. Sacred Warpath
11. Refused to Die

Formação:
Tom Angelripper - Vocais, baixo
Bernemann - Guitarras
Makka - Bateria

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More